Natura On Line

segunda-feira, 21 de abril de 2008

A casa no céu

Um homem muito rico morreu e foi recebido no céu. Um anjo levou -o por várias ruas e foi mostrando-lhe as casas e moradias. Ao passarem por uma linda casa com belos jardins o homem perguntou:
- Quem mora aí?
O anjo respondeu:
- É o Raimundo, aquele seu motorista que morreu no ano passado.
O homem ficou pensando, que lá deveria ser muito bom, porque o Raimundo recebera uma casa maravilhosa. Logo a seguir surgiu outra casa ainda mais bonita.
- E aqui, quem mora? - Perguntou o homem.
O anjo respondeu:
- Aqui é a casa da Luciana, que foi sua cozinheira.
O homem ficou imaginando que, tendo os seus empregados magníficas residências, a sua moradia deveria ser no mínimo um palácio. Estava ansioso por vê-la. Nisto o anjo parou diante de uma barraca construída com tábuas e disse:
- Esta é a sua casa!
O homem ficou indignado.
- Como é possível! Vocês sabem construir muito melhor do que isto.
- Nós sabemos - respondeu o anjo - Mas nós construímos apenas a casa. O material são vocês mesmos que o fabricam e nos enviam lá de baixo, e durante toda a sua vida terrena só nos enviou isto!

Cada gesto de amor e partilha é um tijolo com o qual construímos a eternidade. A caridade que fazemos, o amor a Deus reflectido no próximo, é o nosso passaporte para o céu!