Natura On Line

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Babelismo, uma doença incurável

A atração pelas coisas grandes é uma doença da humanidade e parece incurável. Começou a mais de 2 mil anos antes de Cristo, quando a sociedade de então se reuniu e decidiu: "Vamos construir uma cidade, com uma torre que alcance os céus. Assim nosso nome será famoso e não seremos espalhados pela face da terra" (Gn 11.4). Porém, a famosa Torre de Babel, a primeira torre a ser construída, não foi terminada. Qualquer projeto ambicioso no tamanho (feito para ser “o maior do mundo”) e na intenção (feito para ter nome famoso) poderia chamar-se “babelismo”.
O babelismo moderno está construindo o “Oasis of the Seas”, o maior transatlântico do mundo, que terá dezesseis andares e poderá hospedar 5.400 turistas, e a “Freedom Tower”, a mais alta torre habitada do mundo. Essa torre terá 541 metros e está sendo construída no mesmo lugar onde estavam as Torres Gêmeas do World Trade Center em Nova York, derrubadas por terroristas em 2001.
Os crentes precisam tomar cuidado com as megaigrejas. Elas podem ser portas abertas para o babelismo em sua versão religiosa.

Elben M. Lenz César - Ultimato na Prateleira